Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

SEGURANÇA

Homicida é condenado a mais de 18 anos de prisão

18/10/2018 09:53
Foto por Daniel Búrigo / A Tribuna / Arquivo (Foto: Daniel Búrigo / A Tribuna / Arquivo) Clique para Ampliar
Francine Ferreira

Um júri popular realizado ontem no Fórum da Comarca de Criciúma condenou Érick Martinho Alexandre a 18 anos e oito meses de prisão, em regime inicialmente fechado, pelo crime de homicídio qualificado, com emprego de meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima. No dia 3 de abril de 2016, o indivíduo assassinou Adriel Medeiros Garcia, de 17 anos, com 15 disparos de arma de fogo em sua própria residência, no Bairro Renascer.

O crime teria sido motivado por uma rixa entre grupos de traficantes rivais do município. Ontem, o Tribunal do Júri foi presidido pelo juiz de Direito da 1ª Vara Criminal da Comarca de Criciúma, Fabiano Antunes da Silva.

Últimas Notícias

Mais Notícias