Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

SEGURANÇA

Apreensões de drogas triplicam em Santa Catarina

16/01/2018 07:51
Foto por Clique para Ampliar
Francine Ferreira

A Polícia Civil, por meio da Divisão Especializada de Combate ao Narcotráfico, da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Denarc/Deic), divulgou os resultados obtidos no ano de 2017. Foram apreendidas três vezes mais drogas comparando com o ano de 2016 e ainda, realizado um significativo número de prisões e lavratura de procedimentos investigatórios policiais.

Além disso, contando com o apoio e suporte da delegacia-geral da Polícia Civil, nos últimos três anos, a Denarc/Deic foi reestruturada, visando atingir a grande criminalidade voltada ao narcotráfico em Santa Catarina. Desta forma, a especializada passou a ser dotada de policiais civis com as competências necessárias para a realização de investigações de alta complexidade.

Também foram estreitadas as relações e parcerias com as unidades da Deic, unidades policiais civis da ponta, Diretoria de Inteligência da Polícia Civil (DIPC), Diretoria de Informações e Inteligência (DINI), DIC’s, bem como com as instituições Receita Federal do Brasil, PRF, Ministério Público, PM, dentre outras, agregando-se assim, diferentes competências e experiências, o que resultou no aprofundamento das investigações e o alcance do nicho de criminalidade com repercussão no território catarinense e outros estados da federação.

De acordo com titular da Denarc/Deic, Pedro Henrique de Paula e Silva Mendes, os resultados históricos foram alcançados graças à competência e dedicação dos policiais civis que integram a especializada e às parcerias com as unidades policiais civis e demais instituições, especialmente com as Divisões de Investigação Criminal (DIC), Receita Federal do Brasil e Polícia Rodoviária Federal.

Últimas Notícias

Mais Notícias