Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

GERAL

Tarde de estímulo à cultura com criatividade e imaginação

15/07/2017 06:49
Foto por Daniel Búrigo (Foto: Daniel Búrigo) Clique para Ampliar
Lucas Renan Domingos / Especial

Alunos de quatro meses a seis anos de idade da escola Centro de Educação Infantil Tiquinho de Gente, do Bairro Comerciário, em Criciúma, tiveram uma oportunidade única na tarde de sexta-feira. O Cirquinho do Revirado, que completa 20 anos neste ano, reapresentou para as crianças uma peça criada na formação do grupo de teatro.

Revirado, o personagem que dá nome à trupe e conta histórias infantis de forma engraçada, estava esquecido. Quando soube disso, a diretora da escola, Cristina Pizzolo, resolveu reviver as histórias do boneco. "Eles apresentaram essa mesma obra há 17 anos, aqui, nesta mesma escola. E agora resolvemos trazer de novo para relembrar. As crianças adoram", contou.

A cada período, os alunos realizam um projeto em salas com temas definidos. A atração fez parte de uma série de atividades realizadas para o encerramento das atividades do semestre. "Também fazemos dinâmicas com temas específicos. Mas desta vez optamos por trazer algo para trabalhar o lúdico das crianças e proporcionar uma proximidade com a cultura e o mundo teatral. Todo fim do ano nós realizamos uma grande peça no teatro municipal. Trazendo o Cirquinho pra cá, já é uma forma de eles irem se acostumando para se apresentarem", disse Cristina.

O contato dos pequenos com os personagens também contribui para o aprendizado e oferece às crianças algo que elas não podem ter em casa. "Isso ajuda no desenvolvimento da imaginação e da criatividade. Criança aprende com brincadeiras e com fantasias", pontuou a professora Caroline da Rocha.

 

Onde tudo começou

O Cirquinho do Revirado começou sua trajetória apresentando clássicos da literatura infantil com fantoches. A história interpretada na Tiquinho de Gente foi "Chapéuzinho Vermelho". Ela não fazia mais parte do repertório do grupo de teatro, mas é apresentada em ocasiões especiais.

"Nunca mais a gente tinha feito essa peça. A última vez foi no nosso aniversário de 15 anos. Agora ela apareceu novamente no ano em que completamos 20 anos. É uma emoção muito grande reviver esses momentos. Agradecemos muito a diretora Cristina por esse convite. Atitudes assim valorizam nosso trabalho e fazem a cultura do teatro continuar viva", destacou o ator Reveraldo Joaquim.

 

Diferentes reações

Quando o lobo mau apareceu, alguns gritaram, outros sorriram, os menores choraram. Para a diretora, as reações também fazem parte do aprendizado. "Os mais pequenos ficaram assustados. Mas isso não é prejudicial. Hoje em dia, todos nós queremos ter sucesso, mas a vida não é só coisa boa. Medos e desafios vão fazer parte do cotidiano delas no futuro. Assim, estamos estimulando nossas crianças à enfrentarem as dificuldades", analisou Cristina.

Já Joaquim acredita que essa é a essência do teatro. "As crianças são autênticas e reagem de diferentes formas. Mas nós adultos também somos assim. Trabalhar com o teatro é isso, é provocar sentimentos e interagir com a plateia".

Galeria de Fotos

Últimas Notícias

Mais Notícias
Oba Delivery - Entrega de comida on-line