Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

GERAL

Lixo acumulado em paradas de ônibus gera reclamação

18/07/2018 08:06
Foto por Daniel Búrigo (Foto: Daniel Búrigo) Clique para Ampliar
Lucas Renan Domingos

Uma situação tem incomodado quem utiliza a parada do ônibus amarelinho na região do Bairro Pinheirinho. A lixeira fixada no local está com acúmulo de lixo há dias. O material depositado chega a transbordar, acumulando sujeira no chão da plataforma. Os resíduos são tantos que até mesmo a tampa da lixeira já não consegue ser fechada por conta do volume de rejeitos.

O empresário José Amaral costuma ir para sua empresa utilizando o transporte público. Entre os embarques e desembarques que faz diariamente na parada em frente à igreja do bairro, notou o acúmulo de lixo. Buscou mais de uma vez um contato com a prefeitura, mas até a tarde de ontem o problema não havia sido resolvido.

 

Lixeiras serão limpas

“Faz bastante tempo que está assim. Liguei para a Famcri (Fundação de Meio Ambiente de Criciúma). Falaram que iriam repassar o recado para os responsáveis, só que não teve nenhuma mudança. E não é só a parada que eu uso. A do Jardim Angélica está do mesmo jeito. É tanto lixo que chega a se espalhar na parada, garrafa quebrada no chão e outros materiais”, reclamou Amaral.

Além das lixeiras nas paradas, as da praça pública em frente à igreja, que fica no canteiro da Avenida Centenário, está com os resíduos transbordando do recipiente.

A reportagem entrou em contato com a Famcri e foi informada pela presidente da fundação, Anequésselen Fortunato, que o serviço de limpeza das lixeiras está a cargo da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade Urbana do Município. O responsável é o ge- rente da pasta, Silvio de Bem. Segundo ele, os lixos são recolhidos de 15 em 15 dias.

“Inclusive deixamos sacolas ao lado das lixeiras caso os recipientes fiquem cheios e a população precise depositar os descartes enquanto a limpeza não seja feita. Talvez na região do Pinheirinho o movimento seja mais crítico. Mas amanhã (hoje) uma equipe irá no local retirar a sujeira e, se preciso for, intensificar os trabalhos lá para evitar que se repita”, justificou.

Galeria de Fotos

Últimas Notícias

Mais Notícias