Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

GERAL

Defesa Civil apresenta relatório das cheias na região de Araranguá

30/08/2013 19:28
Foto por Divulgação (Foto: Divulgação) Clique para Ampliar
Colaboração: Leneza Della Krás

O secretário do Desenvolvimento Regional de Araranguá, Heriberto Afonso Schmidt, recebeu em seu gabinete na tarde desta sexta-feira, o coordenador Regional da Defesa Civil (SDRs Araranguá e Criciúma), Rosinei da Silveira, que apresentou um relato dos prejuízos causados nos municípios do extremo Sul atingidos pela chuva forte do último fim de semana. Ele também apresentou as ações desenvolvidas pelo Governo do Estado, através da coordenadoria Regional de Defesa Civil, no monitoramento e prestação de auxílio.

O coordenador explicou ao secretário que foram quase 300mm de chuva nos quatro dias. Segundo Silveira, foram danificadas estradas municipais, estaduais e federais, incluindo a BR-101, sendo que em algumas localidades o trânsito ficou impedido e comunidades rurais isoladas. “A rede pluvial não suportou o volume de água, vindo a danificar-se. Somando-se a isso, a ressaca do mar também funcionou como um fator dificultador, o que veio a provocar as inundações, atingindo algumas residências e propriedades agrícolas”, explicou.

As cinco cidades que decretaram situação de emergência na área de abrangência da SDR Araranguá (Araranguá, Sombrio, Passo de Torres, Santa Rosa do Sul e Timbé do Sul) trabalham, agora, na recuperação da infraestrutura danificada, mas os prefeitos irão se reunir na próxima semana com o secretário para fazer uma avaliação mais precisa dos prejuízods. Silveira ainda destacou que a documentação necessária para o reconhecimento da grave situação e posterior pedido de recursos ao Governo Federal também está sendo encaminhada.

“Agradecemos ainda ao Exército Brasileiro, através do 28º GAC, que atendeu prontamente ao nosso pedido, e esteve acompanhando e auxiliando o atendimento aos atingidos pela inundação dos bairros Baixadinha e Barranca em Araranguá”, disse Schmidt. 

Últimas Notícias

Mais Notícias