Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

GERAL

Comprometimento e dedicação à comunidade

10/08/2017 10:00
Foto por Clique para Ampliar
Gabriel Bosa

As mãos acostumadas ao trabalho delicado de cabeleireiro ainda estão calejadas e sujas de tinta, marcas do trabalho pesado dos últimos dias. Descrente das ações do Poder Público, João Batista Prudêncio resolveu agir por conta própria. Conversou com empresário e comerciantes, conseguiu madeiras, pregos e tintas. Sozinho, o homem tomou para si a responsabilidade de restaurar o espaço do parquinho da Praça 15 de Novembro, no Distrito de Rio Maina.

Batista construiu uma cerca de madeira ao redor do local, pintou e reformou a casinha, escorregador, gangorra e balanços. A ação foi despertada após levar o neto, de dois anos, para brincar no espaço.

"A necessidade é mais pelos cachorros. Eles vão na areia, fazem suas necessidades ali, aí depois as crianças vão brincar, caem, podem pegar alguma doença, micose, infecção", elenca o trabalhador, que também é presidente da Associação de Moradores do bairro.
A função de marceneiro teve que ser inserida junto ao expediente no salão de beleza. Devido à rotina agitada, Batista precisava tirar as horas de folga nos fins de semana para se dedicar à restauração.

"Nos últimos domingos, desde as 6h30min, 7h, eu vinha para cá e ficava o dia todo parafusando, pregando, pintando", recorda.

Mesmo com a boa intensão, o homem conta que algumas pessoas criticaram a ação. "Muitos vieram falar que eu não devia fazer isso, que era trabalho da Prefeitura. Eu penso que estou fazendo a minha parte. A gente sabe que é um patrimônio público, mas só esperar pela Prefeitura não dá", acredita.

Agora, com o parquinho finalizado, Batista pretende levar outras melhorias para o local. "Eu já conversei com o pessoal da Famcri (Fundação do Meio Ambiente de Criciúma) e do horto para pegar umas mudas de flores e plantar aqui", projeta.
"Espero que isso sirva de exemplo, que as pessoas vejam que a gente também pode fazer as coisas. É algo que eu fiz aqui que pode ser feito em outros lugares, outras praças", complementa.

Moradores aprovam a transformação

Sempre quando pode, Cristiane Inácio dos Santos pega os dois filhos, de quatro e três anos, e vai ao parquinho em frente de casa. Apesar da atenção constante, hoje ela afirma ficar mais tranquila enquanto os dois brincam no local.
"Antes a gente ficava preocupada de eles brincarem na areia por causa dos cachorros, agora já pode ficar mais tranquila. Foi ótimo o que ele fez, é bom saber que ainda tem pessoas que lutam pelo bairro", expõe.

Prefeitura incentiva adoção de espaços 

A Administração Municipal contribuiu com a restauração doando dois caminhões de areia para serem colocadas no local. Segundo a secretária de Infraestrutura, o Executivo está incentivando que empresários e comerciantes adotem espaços públicos, através de uma parceria com a Famcri.

"Antes nós fazemos toda a restauração, podas de árvores, iluminação e depois entregamos. Depois quem doou continua fazendo a manutenção e, em troca, pode colocar uma placa publi-citária", explica, afirmando que o contrato é por tempo indeterminado.

Para a manutenção dos espaços que não foram doados, a secretaria mantém uma equipe de marceneiros, serralheiros, pintores, entre outros profissionais, para manter a ordem.

"É uma equipe menor do que gostaríamos, mas estamos sempre fazendo a restauração dos pontos públicos", consta a secretária.

Últimas Notícias

Mais Notícias
Oba Delivery - Entrega de comida on-line