Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

GERAL

Casan irá interromper abastecimento de água nesta quarta-feira

13/06/2018 06:22
Foto por Daniel Búrigo (Foto: Daniel Búrigo) Clique para Ampliar
Lucas Renan Domingos

A Casan irá realizar uma manutenção preventiva na Estação de Tratamento de Água São Defende hoje. Essa é a principal estação de tratamento do Sistema Integrado de Água (SIA). Por conta disso, o abastecimento será interrompido na região nesta quarta-feira nas cidades de Criciúma, Nova Veneza, Siderópolis, Forquilhinha, Maracajá e parte do município de Içara.

O chefe da agência da Casan de Criciúma, Alessandro Rabelo, explica que a manutenção terá início às 8h da manhã e o horário limite para a finalização dos trabalhos é às 17h de hoje. Ao todo, 15 servidores estarão envolvidos para conseguir concluir os serviços. “Iremos aproveitar para fazer a limpeza e desinfecção dos reservatórios de água, conforme fazemos a cada seis meses, seguindo o que pede a Vigilância Sanitaria”, disse.

Durante o dia de ontem, havia a possibilidade de que os trabalhos fossem adiados devido à previsão do tempo. Mas, como o tempo durante o dia de hoje deve ficar apenas nublado sem chances de fortes chuvas, os serviços foram mantidos. “Ficamos preocupados, pois os fortes ventos na noite da segunda-feira chegaram a 123 quilômetros por hora em nossa estação da barragem. Então precisávamos ter essa segurança para não ter problemas”, afirmou Rabelo.

 

Restabelecimento gradativo

Ainda conforme o chefe da agência da Casan de Criciúma, o restabelecimento do fornecimento de água nos municípios deve ser gradativo após o fim da manutenção. Conforme ele, os locais mais altos deverão ser os últimos a voltar à normalidade. “Cremos que as unidades consumidoras estejam totalmente restabelecidas até quinta-feira, porque o restabelecimento acontece de baixo pra cima”, previu.

Para não serem prejudicados, Rabelo orienta aos cidadãos o racionamento. A dica é utilizar a água somente para o consumo humano, preparo de comidas e higiene. “Quem tiver com as caixas de água cheias comportando a média de 200 litros por pessoa na casa não vai nem sentir a interrupção. Os demais devem estar ainda mais atentos ao utilizar a água somente para o essencial”, frisou.

Últimas Notícias

Mais Notícias