Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

GERAL

Cabeleireiro criciumense leva nova oportunidade a refugiados na Jordânia

20/04/2017 06:28
Foto por Mayara Cardoso (Foto: Mayara Cardoso) Clique para Ampliar
Mayara Cardoso

Uma nova e valiosa experiência está prestes a acontecer na vida de um criciumense e de 15 refugiados que atualmente estão na Jordânia. Quem faz parte disso é o cabelereiro Thiago Lorenzetti, de 35 anos. A partir de um convite feito por meio da igreja à qual pertence, a Comunidade Evangélica Nova Jerusalém, o criciumense embarcou na quarta-feira para a Jordânia, onde irá ensinar a refugiados as técnicas para atuarem como cabeleireiros e garantirem seus sustentos.

Para concretizar a ideia, nos últimos meses o profissional arrecadou doações para, além de oferecer seus ensinamentos e experiência, poder doar os materiais necessários para que os alunos iniciem seus trabalhos. "Vamos disponibilizar tudo, desde tesouras até pentes e máquinas. Conseguimos arrecadar uma quantia bacana para poder oferecer isso a eles. Já vai ser um grande passo para que aprendam e possam já trabalhar por lá", comenta. Além de ensinar e doar os utensílios, o desejo da equipe é ainda de poder montar uma barbearia para o grupo de alunos oferecer o serviço gratuitamente.

Ao todo, o criciumense passará 16 dias em contato com uma turma de 15 refugiados, o que, para ele, será uma mistura de sentimentos. "Eu vou ensinar, mas certamente vou aprender e ganhar também uma experiência imensurável para minha vida. Já fui alertado de que sentirei e verei coisas que nunca senti ou vi", cita.

 

Ideia aprovada

O convite para o desafio, de acordo com Lorenzetti, surgiu em novembro de 2016 e foi imediatamente aceito. "Eu sempre orei pedindo a Deus que colocasse algo assim em meu caminho. Eu queria fazer algo pelo próximo, fazer uma coisa diferente. Quando o pastor teve a ideia e veio até mim conversar, eu logo aceitei", lembra.

Além de Thiago, outras seis pessoas de diferentes profissões também embarcaram nesta semana com o objetivo de ajudar os refugiados no país. Eles receberão apoio na Jordânia de um grupo de brasileiras que já atua no país oferecendo serviços assistenciais ligados à igreja.

Para colaborar com a causa, a comunidade pode fazer doações voluntárias na conta do grupo.

Últimas Notícias

Mais Notícias
Oba Delivery - Entrega de comida on-line