Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

GERAL

AMA é alvo de investigação do Ministério Público

21/05/2018 06:36
Foto por Daniel Búrigo (Foto: Daniel Búrigo) Clique para Ampliar
Francieli Oliveira

A Associação de Pais e Amigos dos Autistas (AMA) da Região Carbonífera enfrenta momentos difíceis e de divisões internas com várias suspeitas levantadas. Tudo isso chegou ao Ministério Público, que, por meio do promotor Diógenes Viana Alves, da 11ª Promotoria de Justiça, instaurou o primeiro inquérito civil em 2017. Após as investigações, o documento foi encaminhado à Justiça apontando desvio de recursos de mais de R$ 1,5 milhão. Um segundo inquérito foi instaurado no início deste ano, mas este ainda está nos primeiros procedimentos e ainda não é possível apontar para qual conclusão se encaminha.

O promotor explica que a AMA é uma associação privada, mas, como recebe dinheiro público, o MP tem a obrigação de fiscalizar essas ações e esse é o papel de sua promotoria, responsável pela área da Moralidade Administrativa.

 

Primeiras denúncias

As primeiras denúncias realizadas recaem sobre as duas presidentes das gestões de 2007 a 2015. Segundo o levantado pelo Ministério Público, foram realizados empréstimos, dados desencontrados em prestação de contas levam a crer em desvio após realizações de bazares, além de abastecimento de veículos particulares e pagamentos de procedimentos odontológicos e planos de saúde.

 

Confira reportagem completa na edição desta segunda-feira do Jornal A Tribuna.

Últimas Notícias

Mais Notícias