Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

OPINIÃO

Outubro Rosa e cirurgia em cães: três passos essenciais para o sucesso do procedimento

09/10/2018 06:00
Rafael Borges - Médico Veterinário no Hospital Veterinário Criciúma

Sabemos que 80% da incidência de câncer nos cães, principalmente entre as fêmeas mais idosas, são de câncer de mama. Na maioria dos casos há a necessidade da realização de uma intervenção cirúrgica para a retirada do tumor.
No mês em que há a conscientização pelo Outubro Rosa, salientamos que para cães adultos o ideal é realizar consulta e exames. Através da radiografia, ultrassom e exames de sangue conseguimos detectar a origem de tumores e ter maior efetividade no tratamento.
No aspecto da realização da cirurgia, após a descoberta de tumores, separei três cuidados essenciais para a efetividade do procedimento de retirada tanto em cães como em gatos:
1) Consulta
Será feita uma avaliação do histórico do paciente, por exemplo, se apresenta tosse, desmaios, fraqueza, dentre outros.
2) Exames Pré-Operatórios
Vai nos mostrar se esse paciente apresenta alterações hematológicas, alterações cardíacas, metástases tumorais ou avaliar todas outras possíveis alterações. Todas as informações reunidas ajudam a instituir protocolos anestésicos mais adequados ao paciente e auxiliam os cirurgiões a realizar o procedimento cirúrgico de maneira mais precisa e segura. É importante salientar que esses exames ajudam a diminuir eventuais riscos ao paciente durante e após a cirurgia.
3) Pós-Operatório (Cicatrização)
Muito importante o acompanhamento nesta fase, pois envolve na maioria das vezes a cicatrização de áreas grandes que podem apresentar dificuldades em sua recuperação, dores, desconfortos. É um processo lento e que necessita de muitos cuidados.

Últimas Notícias

Mais Notícias