Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

OPINIÃO

Mestrado e Doutorado em Ciências Ambientais da Unesc: Buscando soluções sustentáveis por meio da interdisciplinaridade

26/10/2017 06:00
Mayara Cardoso

Vanilde Citadini-Zanette - Professora doutora e coordenadora do PPGCA da Unesc
Patrícia de Aguiar Amaral - Professora doutora coordenadora adjunta do PPGCA da Unesc

A Unesc deu início, em 2002, ao PPGCA (Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em nível de Mestrado em Ciências Ambientais), sendo seu primeiro Mestrado próprio oficialmente reconhecido e recomendado pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) em 17 de dezembro de 2001, dentro da grande área Multidisciplinar da Capes, pelo fato de que o Programa partiu da concepção de que uma abordagem mais ampla se fazia necessária.
Assim, o primeiro recurso buscado para sua elaboração foi a perspectiva interdisciplinar, pois permite o exercício do diálogo de saberes e a construção de um discurso enfocado na abordagem sistêmica.
Nesse contexto, o PPGCA definiu como sua área de concentração “Ecologia e Gestão de Ambientes Alterados”, tendo como suas duas linhas de pesquisa “Ambiente Natural e Sociedade” e “Ambiente e Desenvolvimento”.
O PPGCA prioriza a formação de recursos humanos capacitados para o desenvolvimento da pesquisa científica e da docência em nível superior, em sintonia com a ideia de que a Unesc não é apenas retransmissora de saber, mas se constitui em um ambiente de análises críticas, favorável à construção de novos conhecimentos, fato que contribui para a solução das demandas regionais.
As linhas de pesquisa do Mestrado direcionam-se para a crescente necessidade de desenvolver pesquisas aplicadas e difusas, proporcionando tecnologias capazes de desenvolver novos processos e produtos. Assim, a geração de conhecimento por grupo próprio e de qualidade é vital para a consolidação da Unesc como Universidade (atual, consciente e consequente).
Em 2011, o PPGCA migrou para a Área de Ciências Ambientais, que foi criada por meio da Portaria nº 081, de 06 de junho de 2011. Decorridos alguns anos, fiel ao seu dever, importância e responsabilidade institucional para a Unesc e para a região sul de Santa Caatarina e o país, o Mestrado em Ciências Ambientais apresentou respostas aos objetivos de sua implementação.
Até a presente data, o PPGCA titulou mais de 170 mestres oriundos das mais diversas áreas do conhecimento científico. Ainda, o Programa teve sua proposta de doutorado aprovada pela CAPES em 2012, com conceito 4, iniciando sua primeira turma em 2013. Todas as vagas oferecidas na época foram preenchidas, e sua primeira tese foi defendida em dezembro de 2016.
Faz 15 anos que o PPGCA/UNESC contribui para qualificar a qualidade de vida das pessoas e, de forma singular, para a pesquisa da região e do País. Quem escolhe o Mestrado/Doutorado em Ciências Ambientais da UNESC escolhe investir no conhecimento para conservar os recursos naturais e amenizar os impactos ambientais, buscando soluções sustentáveis por meio da interdisciplinaridade e, dessa forma, preservar e melhorar a qualidade de vida.

Últimas Notícias

Mais Notícias