Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

OPINIÃO

Ela mesma é a força

14/09/2018 06:00
Mary Rocha - Escritora

Ela já foi doce quando deveria ser uma pedra de gelo, já deixou a ingenuidade tomar conta de si, a tristeza cuidar do seu mundo. Se perdeu por alguém que não a merecia, que não a enxergava do jeito que ela precisava naquele momento. Então se viu no fundo do poço, num trem fantasma (não os de parques de diversões), sem ninguém para enxugar suas lágrimas, ninguém para ouvir seus caos e gritos de socorro. Parecia que o mundo todo estava contra ela. Mas... Talvez... Ela precisava só de alguém que mostrasse o quão importante e única ela era para o Universo todo. Infelizmente, ela não teve, então se ergueu sozinha e sem ninguém perceber.
Hoje ela é mais fria, mas ainda possui aquele coração romancista, seu lado sensível, porém, agora meio que escondido. É uma garota de sorriso fácil, que faz quem quer dar risadas. Ela é um oceano de mistérios, por trás do seu sorriso ninguém sabe o que existe lá. Ninguém sabe das “porradas” que até hoje doem, nem irão saber. Ela está seguindo em frente, lutando pelos seus sonhos mais secretos, com seu próprio suor. Existem horas que se perde e se recorda daquele coração fraco e bobo demais, mas logo se acorda e volta para o caminho certo. No seu jardim quem rega as flores é só ela, essa responsabilidade é sua, porque um dia permitiu que alguém regasse por ela e o jardim inteiro quase chegou ao fim. E o nome do jardim é vida. Ela entendeu que a principal responsável para manter o seu brilho nos olhos que todos falam, a força que todos admiram... Esse poder de seguir assim é dela mesma.
 

Últimas Notícias

Mais Notícias