Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

OPINIÃO

Cursos Superiores de Tecnologia em Gestão Unesc

20/04/2017 06:00
Mayara Cardoso

Professora Michele Schneider - Coordenadora dos Cursos de Tecnologia em Gestão Comercial da Unesc (Presencial e a Distância)
Professor Volmar Madeira - Coordenador dos Cursos de Tecnologia em Gestão da Unesc

O  atual cenário econômico tem exigido profissionais qualificados para atuarem neste mercado competitivo, dinâmico e exigente, o que faz emergir novas formas de organização e de gestão.Ele se apresenta como um desafio para a Educação e faz da Educação Profissional uma alternativa interessante e viável para atender às necessidades do mercado de trabalho.

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional ? LDB permite que a questão da Educação Profissional seja tratada de maneira "adequada, apropriada, moderna e inovadora", criando instrumentos que regulamentam a criação de Cursos Superiores de Tecnologia.O Parecer CNE/CES nº 436/2001 afirma que a Educação Profissional passa a ser uma importante estratégia para que os cidadãos tenham efetivo acesso às conquistas científicas e tecnológicas da sociedade.
Impondo a superação do enfoque tradicional, a Educação Profissional vai mais além, pois requer dos docentes e dos discentes habilidades e competências, como o domínio operacional de um determinado fazer, a compreensão do processo produtivo global com a apreensão do saber tecnológico, a valorização da cultura do trabalho, bem como do conhecimentopara as tomadas de decisões e da concepção do ser humano profissional.
Os Cursos Superiores de Tecnologia, na sua forte relação com o mercado e com os currículos construídos com base nas necessidades do mercado de trabalho, possibilitam oportunidades, em curto espaço de tempo, em nichos de mercados, de acesso a uma vaga de emprego e/ou de ascensão profissional dos que se encontram na atividade profissional, principalmente neste momento de crise econômica e de altos índices de desemprego no Brasil.
Com destaque nos países Europeus, no Canadá e nos Estados Unidos, os cursos de curta duração, correspondentes aos tecnó-logos no Brasil, estão provocando mudanças no ambiente do Ensino Superior. Segundo o Guia do Estudante, as principais diferenças entre os Cursos Superiores com titulação de bacharelado ou de licenciatura e os de tecnólogos estão no foco e na duração, os primeiros com duração de 4 a 6 anos e os de tecnólogos com duração de 2 a 3 anos, cuja formação é específica e aprofundada na área do co-nhecimento, atendendo, assim, a uma necessidade específica do mercado.
O Catálogo Nacional dos Cursos Superiores em Tecnologia, no eixo Gestão e Negócios, apresenta 13 opções de cursos, dentre eles os cursos de Gestão Comercial, Gestão Financeira, Gestão em Recursos Humanos, Logística, Marketing e Processos Gerencias, os quais se configuram entre os cursos com maior demanda em nível nacional, estadual e regional, focalizando suas atividades na gestão das organizações públicas e privadas que necessitam de profissionais qualificados e com visão sistêmica em todos os processos.
Nesse sentido, os Cursos Superiores de Tecnologia desenvolvem a empregabilidade, o empreendedorismo, a competitividade, a criatividade e a inovação, agregando valores à prática diária, dentro de padrões éticos associados à sustentabilidade das organizações e do profissional.

Últimas Notícias

Mais Notícias
Oba Delivery - Entrega de comida on-line