Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

ESPORTES

Tigre decepciona na estreia da Sul-Americana

21/08/2013 23:41
Foto por Lucas Colombo (Foto: Lucas Colombo) Clique para Ampliar
Bruna Borges - esporte@atribunanet.com

Em um jogo sem futebol de qualidade, o destaque ficou para os protestos. Em sua estreia na Copa Sul-Americana, o Criciúma não conseguiu se apresentar bem e perdeu por 2 a 1 para a Ponte Preta. Insatisfeita com o que viu, a torcida protestou durante boa parte do jogo. A chance de reverter a situação no campeonato fica para a próxima terça-feira, às 21h50min, em São Paulo.

1º tempo

A Ponte Preta precisou de apenas cinco minutos para abrir o placar. Uendel cobrou falta e César subiu para fazer de cabeça, Galatto ainda se esticou, mas não conseguiu chegar. Aos 16 minutos, Suéliton arriscou a cobrança de falta direto para a meta e quase que fez Roberto se desiquilibrar e perder a defesa. E uma chance de ouro foi perdida aos 20 minutos, Fabinho tentou aproveitar o bom passe de voleio de Morais, mas a bola não entrou. A Macaca teve outra boa oportunidade aos 27 minutos, porém, dessa vez o goleiro Galatto conseguiu espalmar e mandar o perigo para longe. E a torcida, incomodada com a má atuação do time, começou a vaiar a equipe aos 35 minutos de partida. Mesmo nos últimos 10 minutos com apoio dos torcedores o Criciúma não conseguiu se refazer, indo para o intervalo com o placar negativo.

2º tempo

O time ainda começou melhor, mas desperdiçou a chance aos 17 minutos. Lins chegou até a frente, mas adiantou demais e a bola foi rolando pela linha de fundo. Depois, aos 19 minutos, Fabinho dominou e chutou para uma bela defesa do goleiro Roberto. Só que a pressão não funcionou e aos 22 minutos a Ponte ampliou o marcador com Chiquinho, de falta. Com o segundo gol tomado, a torcida do Tigre desanimou mais ainda e, mesmo faltando ainda mais da metade do segundo tempo, começou a ir embora. Outros preferiram se posicionar na parte de baixo do camarote dos dirigentes do clube para protestar. E depois de muitos xingamentos, aos 42 minutos, Lins passou para João Vitor que finalmente descontou para o Tigre. Porém, não foi o suficiente para acalmar os torcedores que continuaram pedindo a saída do diretor de futebol do Criciúma, Cícero Souza, e a volta de Waldeci Rampinelli, ex-diretor.

Ficha técnica

Criciúma
Galatto; Suéliton (Tony), Matheus Ferraz, Leonardo e Gilson; Amaral (Bruno Renan), João Vitor, Leandro Brasília e Morais (Lins); Fabinho e Wellington Paulista. Técnico: Vadão

Ponte Preta

Roberto, César, Betão e Diego Sacoman; Régis, Magal, Fernando Bob, Chiquinho (Giovani) e Uendel; Rildo (Rafinha) e Dennis (Luiz). Técnico: Paulo César Carpegiani

Gols: César 5’ 1ºT, Chiquinho 22’ 2ºT (Ponte Preta); João Vitor 42’ 2ºT (Criciúma)

Cartão amarelo: Matheus Ferraz, Amaral, Leonardo (Criciúma); Uendel, Magal (Ponte Preta)

Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden (RS), auxiliado por Altemir Hausmann (RS) e Rodrigo Pereira Jóia (RJ).

Local: Estádio Heriberto Hülse

Horário: Às 21h50min.

Galeria de Fotos

Últimas Notícias

Mais Notícias
Oba Delivery - Entrega de comida on-line