Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

ENTRETENIMENTO

Carnaval de Inverno: loja já está com 90% das fantasias alugadas

23/07/2014 08:30
Foto por Mayara Cardoso (Foto: Mayara Cardoso) Clique para Ampliar
Mayara Cardoso - reportagem@atribunanet.com

Fantasiados de pirata, hippie, princesa, super herói e tantos outros personagens, a ordem para os foliões que vão no 7º Carnaval de Inverno do Mampituba no fim de semana é fazer bonito no quesito traje. Em uma das lojas especializadas no ramo em Criciúma, mais de 90% das 900 fantasias para aluguel já estão reservadas para os dias de festa. A procura, conforme a atendente da loja Dricca Festa e Fantasias, Bárbara Cardoso Virtuoso, começou em maio.

O preço de uma fantasia para aluguel varia entre R$ 40 e R$ 80 para os homens e R$ 40 e R$ 100 para as mulheres. Conforme Bárbara, as roupas com detalhes delicados e acessórios são as que chamam a atenção das mulheres. “Geralmente as meninas já procuram modelos que tenham luvas, chapéu, tiaras, coroas entre outros adicionais que incrementem a roupa básica. Já para os meninos, os preferidos são as de super heróis, pirata e policial”, afirma.

Durante a semana, os clientes que já fizeram as reservas estão buscando as fantasias já lavadas, passadas e com os ajustes necessários. Para atender a demanda de entrega com horários marcados e ainda de quem procura uma roupa para aluguel, a equipe da Dricca Festas e Fantasias está disponível para o agendamento de visitas fora do horário comercial. “Muita gente trabalha e não consegue vir até as 18h. Por isso estamos agendando horários que se adaptem aos clientes”, explica. O telefone da loja é 3045-1500.

Amigos investem em trajes criativos

Os estudantes Luiz Gustavo Vieira Colonetti e Evandro Benincá Cardoso, de 16 anos, estão se preparando para ir pela primeira vez no Carnaval de Inverno de Criciúma. Apesar de já estarem animados há alguns meses para o evento, a escolha da fantasia ficou para a última semana. “Estamos pensando inicialmente em improvisar algo. Como não deu certo decidimos optar pelo aluguel”, explicou Colonetti.

Para os critérios de escolha, os adolescentes não foram rigorosos. “Não pensamos em nada específico. Vamos provar os tamanhos e ver os preços para escolher a melhor opção. O importante é ir fantasiado de alguma coisa”, brinca Cardoso.

Já o universitário Pedro Henrique Cardoso Hilário, de 22 anos, conseguiu improvisar com amigos um bloco para a festa. Com aproximadamente 20 pessoas, o grupo de Hilário contará com meninas e meninos que montaram seus próprios trajes, comprando apenas acessórios para acrescentar à produção. “Todos os anos eu e meus amigos tentamos fazer fantasias legais, mas que custem o mais barato possível. Nessa edição novamente pegamos peças que já tínhamos e completamos com detalhes que vão caracterizar mais nossos personagens”, comenta.

Galeria de Fotos

Tags:

Últimas Notícias

Mais Notícias