Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

ECONOMIA

Conselho do FGTS autoriza uso de recursos do Fundo para investir em aeroportos

12/12/2013 11:41
Foto por Tomas Faquini / Portal da Copa (Foto: Tomas Faquini / Portal da Copa) Clique para Ampliar
Arthur Lessa / reportagem@atribunanet.com

O Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) realizou na tarde desta quarta-feira (11) sua última reunião do ano de 2013. Além de discutir temas gerais, os conselheiros autorizaram a inserção de obras em aeroportos como um dos setores passíveis de aplicação dos recursos do FI-FGTS.

Também ficou decidido que os financiamentos habitacionais contratados com recursos do Fundo terão novas exigências de cumprimento em relação às normas fixadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Inmetro e Ministério das Cidades terão que expedir parecer de qualidade a componentes de obras, sistemas construtivos e projetos de engenharia. O objetivo é dar mais segurança às obras realizadas.

Os conselheiros aprovaram, ainda, as indicações dos representantes de cada bancada (governo, trabalhadores e empregadores) para compor o Comitê de Investimento do FI-FGTS, que atuarão a partir de março do próximo ano. As próximas campanhas de publicidade do Fundo também foram motivo de debate entre os presentes. Eles solicitaram algumas mudanças nos objetivos das peças, com foco no trabalhador, além de sugerir flexibilização de marcas na produção do material gráfico.

Entenda o que é o FI-FGTS

O Fundo de Investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - FI-FGTS, criado em 2007, tem por objetivo proporcionar a valorização das cotas por meio da aplicação de seus recursos na construção, reforma, ampliação ou implantação de empreendimentos de infra-estrutura em rodovias, portos, hidrovias, ferrovias, energia e saneamento.

O FI-FGTS é administrado, gerido e representado judicial e extrajudicialmente pela Caixa Econômica Federal.

Últimas Notícias

Mais Notícias