Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

ECONOMIA

Alta do dólar ainda não impede viagens

31/08/2018 10:00
Foto por Divulgação (Foto: Divulgação ) Clique para Ampliar
Fagner Santos / Especial

Contrariando o atual período turbulento no preço do câmbio, o setor de viagens de Criciúma não registra baixas ou cancelamentos nas vendas de pacotes internacionais. O dólar fechou a tarde de ontem custando R$ 4,14, tendo atingido a máxima de R$ 4,21 pela manhã. Outras moedas emergentes, como o peso argentino e a lira turca, também passam por instabilidade devido a crises internas.

De acordo com Henrique Wessler, administrador de uma agência de viagens de Criciúma, é comum que períodos de indefinição assustem quem deseja viajar, mas os valores não sofrem alterações pesadas com a alta no valor da moeda norte-americana, por isso não foram registrados cancelamentos ou alterações de datas.

Leia mais no 4oito.

Últimas Notícias

Mais Notícias