Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

Luiz Dal Farra

Farreando

18/08/2017

O disfarçado de "gari", João Dória ou Bolsonaro, candidatos a presidente, não, né! Candidato será Alckmin.
Michel Temer 1. Cadê os deputados sérios que ainda não entraram com pedido de impeachment contra o Michel Temer? Não foi acusado de chefe de quadrilha criminosa? Não responde ou foi indiciado por corrupção? E os R$ 500 mil do homem da mala Rodrigo Rocha Eudes onde foram parar? Não eram "acertos" do presidente? Presidente não tem dez ministros indiciados na Lava Jato? Santo Deus! Que país é este? Dá para aceitar e fingir que nada está acontecendo?
Michel Temer 2. A verdade nua e crua e insofismável, segundo os próprios políticos, é que o presidente rendeu-se a um Congresso Nacional, em especial a Câmara dos Deputados, cujos deputados, em sua maioria são fisiológicos. Preferiu então go-vernar através da cooptação. Achou mais fácil que um governo de coalizão. Esta foi uma observação clara do deputado carioca Miro Teixeira. Logo, quem chantageia vira chantagista. Foi desta maneira que se manteve no poder. É um governo que sangrará até seu último dia no cargo. Portanto, teremos que aturar esta situação por quase um ano e meio. Tornou-se refém de um congresso chantagista. Pobre Brasil. Que coisa, meu Deus!
Michel Temer 3. Além da dependência de um Congresso Nacional desmoralizado e chantagista, o presidente ainda terá que enfrentar a justiça e mais delações cabeludas que estão por vir. E onde estão os recursos para enfrentar tudo isso? Não tenho dúvida: O Brasil passará por momentos dificílimos e custará muito caro para todos nós brasileiros. As coisas poderiam ser diferentes, ou pelo menos um pouco melhor, se num gesto de grandeza, renunciasse. Seria o melhor para todos. Não tem como governar com a rejeição da esmagadora maioria dos brasileiros e uma maioria parlamentar insaciável.
Michel Temer 4. Por que a Raquel Dodge, futura nova procuradora-geral que assumirá no lugar do combativo e dinâmico procurador Rodrigo Janot no mês que vem, foi recebida fora da agenda oficial e fora de hora, à noite, às 22 horas, no Palácio do Jaburu pelo presidente? Não é coisa boa. Tirem suas conclusões. Chego à conclusão, pelos conluios ou últimos acontecimentos no mundo político, que um grande acordão poderá colocar fim à operação Lava Jato. A troca do batalhador Rodrigo Janot pela Raquel Dodge, escolhida por Temer, será o começo do fim. Acusações dos que já estão presos poderão ser anuladas e libertados. Zera tudo. Vão fazer de conta que nada aconteceu e tudo voltará como antes. Tomara que eu esteja enganado. Farei o possível para não falar do Temer no próximo Farreando.
Brasil. Como governar com 35 partidos e mais 63 na lista de espera? Chegaríamos então a 98.
Faltam 124 dias para a liberação da Via Rápida. Será no dia 20 de dezembro. Sairemos do castigo que nos impuseram durante tanto tempo para chegarmos até a BR-101. Parabéns antecipado ao secretário e deputado Luiz Fernando Vampiro Cardoso.

Últimas de Luiz Dal Farra

Veja mais
Oba Delivery - Entrega de comida on-line