Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

Francine Ferreira

Da Comunidade

27/07/2018

Sem suspeitos

Completa um ano hoje o latrocínio registrado em uma residência anexa a um pesque-pague no Bairro Ouro Negro, em Forquilhinha. O crime vitimou Nely Fernandes Schuvinski, de 57 anos, e até hoje a Polícia Civil não conseguiu descobrir a autoria do assassinato. Conforme o delegado Cícero Costa Aguiar, mesmo tendo sido efetuadas diversas diligências e colhidos inúmeros depoimentos, não houve nenhuma informação que determinasse alguém ou indicasse a autoria do fato.
Com isso, o inquérito foi encerrado sem indícios de autoria, podendo ser reaberto eventualmente, caso alguma nova informação chegue ao conhecimento da Polícia Civil. Isso porque a prescrição para o crime, de acordo com Aguiar, é de 20 anos. “Os depoimentos acabaram não contribuindo muito com a investigação. Não possuíamos nada de informações, ninguém havia visto nada e, se alguém viu, não quis falar”, completa a autoridade policial.
Nely Fernandes Schuvinski foi encontrada já sem vida pelo marido na noite do dia 27 de julho de 2017, sobre a cama do quarto do casal. Ela foi atingida com sete facadas no pescoço, queixo, tórax e braço e, da residência, a quantia de R$ 5 mil foi levada.

O retorno do SAMU

A Secretaria de Saúde está se organizando para que a atuação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) seja retomada em Forquilhinha, de forma paliativa, com uma “ambulância branca” da própria secretaria. A ideia é iniciar esses trabalhos já a partir do mês de agosto – próxima semana. Para tanto, a pasta segue realizando algumas adequações no veículo, com instalação de equipamentos médicos necessários, e aguarda a apresentação da última técnica necessária, chamada do processo seletivo para atuar na função.
Enquanto isso, as tratativas em busca da liberação de uma ambulância pelo Ministério da Saúde seguem sem retorno; e a possibilidade de um financiamento para adquirir de forma própria aguarda encaminhamento do Banco do Brasil.

Últimas de Francine Ferreira

Veja mais