Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

Adelor Lessa

Convidado, César Smielevski descarta candidatura a prefeito em 2020

13/04/2019

Colaboração: Francieli Oliveira   e-mail: politica@atribunanet.com

O empresário César Smielevski, ex-presidente da ACIC, atual presidente do conselho superior, confirma convite para ser candidato a prefeito de Criciúma em 2020, numa articulação focada na renovação. Mas garante que agradeceu e declinou.
César não é filiado a nenhum partido, mas já foi citado como candidato a prefeito pelo MDB em 2016. A deputada Ada De Luca e o governador da época, Eduardo Moreira, tentaram encaminhar a sua candidatura. Mas ele também declinou.
Desta vez, foi o empresário Gilson Pinheiro quem conversou com Smielevski e levou a proposta para sair candidato, representando um grupo de empresários e ativistas políticos da cidade.
“Fiquei lisonjeado por ter sido lembrado, mas declinei porque minha veia empreendedora é mais forte que a veia política”, arrematou.
Mas tem ainda uma questão pessoal/familiar que pesou da decisão. Ele e sua família devem morar no exterior em 2020 e 2021.
César é uma das possíveis novidades para a eleição de 2020 em Criciúma, num quadro que hoje se apresenta com poucos nomes.
Além dele, são citados apenas o ex-deputado Jorge Boeira, PP, e o vereador Julio Kaminski, PSDB (oposição a Salvaro, saindo do partido).
Boeira depende da postura que será adotada pelo PP para confirmar candidatura.
O vereador Miri Dagostim, vice-presidente do partido em Criciúma, que assume o comando com a renúncia do ex-presidente Itamar da Silva, já anunciou que defende aliança com o prefeito Salvaro para apoiar a sua reeleição.
Boeira só será candidato se for oposição ao prefeito.

Maratona

Um empresário de Criciúma tem reunião de negócios em São Paulo na segunda-feira pela manhã. Por isso, comprou passagem para domingo, 13h15min, saída de Jaguaruna. Chega a São Paulo, 14h25min.
Recebeu nessa sexta feira o e-mail da Latam - “Infelizmente tivemos que cancelar seu voo de Jaguaruna a São Paulo. Verifique outras opções para que você possa chegar ao seu destino”.
Opção apresentada - apresente-se no Aeroporto de Jaguaruna até 12h e sobe no ônibus que vai em direção a Florianópolis.
Mas ele pode ter que ir a Joinville ou Curitiba para pegar o voo para São Paulo, se o voo que sair de Florianópolis às 19h25min estiver lotado.
Em resumo - corre sério risco de passar o domingo dentro do ônibus. Pagando passagem de avião!

Últimas de Adelor Lessa

Veja mais