Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

Adelor Lessa

Em silêncio

22/07/2014

Prefeito Márcio deve se manter neutro na eleição para governador

O  presidente da Assembleia, deputado Joares Ponticelli, PP, candidato a vice-governador na chapa de Paulo Bauer, vai fazer nova conversa amanhã com o prefeito Marcio Búrigo, PP. Será mais uma tentativa de garantir a adesão de Márcio à campanha da chapa. Mas ele mesmo reconhece que é difícil. "Pelo menos agora", diz.
Paulo Bauer e Esperidião Amin já se reuniram com Márcio para tratar do assunto. Em Florianópolis, nos corredores do Poder, é pergunta mais ouvida - "Prefeito Márcio ficará com Paulo Bauer ou Raimundo Colombo?".
Especulações diversas, muitas teses e intermediários em campo. Márcio tem se mantido neutro, na muda, e é muito provável que fique assim até a eleição.
Ele foi levado ao Governo Colombo, como aliado, pelos deputados Ponticelli e Valmir Comin. Tratativas foram feitas para grandes obras em Criciúma financiadas com recursos do Estado.
O prefeito contratou os projetos técnicos e projetou seu Governo para os próximos dois anos a partir destas grandes obras. De repente o PP rompeu com Colombo. Se Márcio seguir à risca, também vai romper e fazer uma operação de alto risco, que poderá até inviabilizar o seu Governo. Por isso, Márcio não deve assumir Colombo, nem Bauer. Não é ainda posição final, mas é a mais provável.
A sua "isenção", no entanto, será interpretada como uma posição política. A favor de Colombo.

Não saiu

A licença do Ibama para construção da nova ponte de Tubarão, na BR-101, não saiu ontem, como havia sido anunciado. No começo da noite, a direção do DNIT informou que o Ibama pediu "mais um documento" para liberar a licença. Deputado Ronaldo Benedet, coordenador da Frente Parlamentar pela duplicação da rodovia, fez cobranças por telefone ao DNIT e ao Ibama. Ele estava ontem em Florianópolis. Disse ontem à noite que, se a licença não sair até amanhã, pretende levar o assunto à presidente Dilma.

Últimas de Adelor Lessa

Veja mais